Sintomas da hipertensão arterial

Sintomas da hipertensão arterial

Por ser uma doença silenciosa, ou assintomática, é muito provável que as pessoas não notem os sintomas da hipertensão arterial. Por isso, é importante aferir a pressão arterial com periodicidade, especialmente se você integra um dos grupos de risco para o desenvolvimento da hipertensão.

É comum também que as pessoas atribuam os sinais da pressão alta ao cansaço ou estresse, por exemplo. Raramente a hipertensão arterial se manifesta através de enxaqueca1, mas dificilmente a ponto de poder ser percebida.

Alguns outros sinais e sintomas da hipertensão arterial são:1-2

  • dores de cabeça crônicas;
  • tonturas;
  • hemorragia nasal (sangue saindo do nariz sem razão aparente);
  • confusão mental ou atordoamento;
  • náuseas e enjoos;
  • palpitação e falta de ar, mesmo sem esforço físico;
  • cansaço sem explicação.

Complicações da hipertensão arterial

Justamente por não ser facilmente notada – já que a doença é geralmente assintomática ou manifesta pouquíssimos sintomas –, a hipertensão arterial sem tratamento vai se agravando ao longo do tempo, trazendo uma série de complicações graves ao quadro de saúde do paciente.

Como a hipertensão arterial danifica os vasos sanguíneos, responsáveis por conduzir a oxigenação do sangue a todos os órgãos, por meio do nosso sistema cardiovascular, diversos órgãos podem ser afetados com a progressão hipertensão arterial.

Entre as consequências da hipertensão arterial não diagnosticada e tratada adequadamente estão:1-3

  • infarto agudo do miocárdio, acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame: devido ao espessamento das veias (arteriosclerose);
  • aneurisma da aorta cardíaca ou cerebral: quando ocorre o rompimento dos vasos sanguíneos, que pode ser fatal;
  • insuficiência cardíaca: enfraquecimento ou enrijecimento do músculo cardíaco, que torna-se incapaz de bombear sangue e os nutrientes em quantidade suficiente no corpo;
  • insuficiência renal: enfraquecimento ou estreitamento dos vasos sanguíneos dos rins;
  • perda da visão: espessamento, estreitamento ou rompimento dos vasos sanguíneos dos olhos, podendo causar até a cegueira;
  • síndrome metabólica: conjunto de distúrbios do metabolismo, que abrange aumento da circunferência abdominal, dos triglicérides, da lipoproteína LDL (colesterol ruim ou LDL) e da insulina, e diminuição da lipoproteína HDL (colesterol bom ou HDL) este conjunto de alterações aumentam o risco cardiovascular do indivíduo;
  • problemas de memória e compreensão.


Referências

1. Site do National Institutes of Health (NIH).Disponível em: http://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/hbp/signs Último acesso em 19 de outubro de 2017.
2. Site Mayoclinic.org. Disponível em: http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/high-blood-pressure/basics/symptoms/con-20019580 Último acesso em 19 de outubro de 2017.
3. Site Mayoclinic.org. Disponível em: http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/high-blood-pressure/basics/complications/con-20019580 Último acesso em 19 de outubro de 2017.

Não encontramos seu login na nossa base de usuários do Portal VMS. Por favor preencherr sua data de nascimento para verificarmos nos outros canais

Já vai?

Aproveite todos os benefícios do programa agora mesmo

Ao clicar no link a seguir você estará deixando o website da Novartis e será direcionado para um outro website correspondente ao assunto de seu interesse.
A Novartis não se responsabiliza pelo conteúdo nele apresentado