Ao clicar no link a seguir você estará deixando o website Novartis/VMS e será direcionado para plataforma de compra online VMS.

Principais tipos de glaucoma

Principais tipos de glaucoma

Existem diferentes tipos de glaucoma, que podem apresentar sinais e sintomas distintos. Os principais são:

  • Glaucoma primário de ângulo aberto: é uma condição crônica. É o tipo mais comum de glaucoma, e pode não apresentar sintomas iniciais enquanto progride e se agrava silenciosamente. Por isso é tão importante manter as visitas anuais ao oftalmologista.4,5
  • Glaucoma agudo: é um tipo súbito (ou agudo) de glaucoma, que requer cuidados médicos de emergência. 4,5
  • Glaucoma congênito: é resultado de uma máformação, desde antes do nascimento, geralmente diagnosticada no primeiro ano de vida do bebê. 4,5
  • Glaucoma secundário: ocorre por conta de outra causa interna ou externa do próprio olho, por exemplo pelo uso prolongado e/ou excessivo de determinados medicamentos, como corticosteroides.4,5
“Uma pesquisa encomendada pela Sociedade Brasileira de Glaucoma revelou que o brasileiro não tem o hábito de consultar o médico oftalmologista e que a população desconhece completamente o que é glaucoma, suas causas e consequências. Esse é um alerta para o risco de crescimento acelerado de cegueira nos próximos anos em nosso país, já que a expectativa de vida aumentou e 80% dos casos de glaucoma não tratados, evoluem para a perda da visão.”
Sociedade Brasileira de Glaucoma

As principais características de cada tipo de glaucoma estão listadas a seguir:

Quem pode desenvolver o glaucoma?

Qualquer pessoa pode desenvolver o glaucoma, mas alguns grupos estão mais sujeitos à doença. Entre eles, estão:

  • Pessoas acima de 40 anos: estão sob o maior risco de desenvolver o glaucoma, embora a doença possa afetar pessoas de todas as idades.6
  • Afrodescendentes: o risco da perda da visão por conta do glaucoma chega a ser 15 vezes maior entre os afrodescendentes do que em caucasianos.7,8
  • Pessoas com histórico de glaucoma na família: o tipo mais comum de glaucoma, de ângulo aberto, é hereditário. Por isso, o risco aumenta significativamente quando há casos da doença na família.7
  • Outros grupos: pessoas de origem hispânica ou asiática, pessoas que utilizaram medicamentos esteroidais (para o tratamento da asma, por exemplo, ou colírios com corticóide), pessoas que sofreram trauma ocular, ou que tenham alto grau de miopia e pessoas com córnea central fina.7
     
IMPORTANTE
Pessoas que têm histórico familiar de glaucoma ou que pertençam a um dos grupos de risco devem se consultar com oftalmologista e fazer exames uma vez por ano!3


Referências

1.
Glaucoma Research Foundation. What is Glaucoma? Disponível em: http://www.glaucoma.org/glaucoma/. Acesso em setembro de 2016.
2. Nordstrom BL, Friedman DS, Mozaffari E et al. Persistence and adherence with topical glaucoma therapy. Am J Ophthalmol. 2005;140:598-606
3. Site do National Eye Institute (NEI). Disponível em https://nei.nih.gov/health/glaucoma/glaucoma_facts. Último acesso em 08 de julho de 2015.
4. Glaucoma Research Foundation. Types of Glaucoma. Disponível em http://www.glaucoma.org/glaucoma/. Acesso em setembro de 2016.
5. Site Minha Vida. Disponível em http://www.minhavida.com.br/saude/temas/glaucoma. Último acesso em 09 de julho de 2015.
6. As Condições de Saúde Ocular no Brasil – 2015; primeira edição. Conselho Brasileiro de oftalmologia. Disponível em http://www.cbo.net.br/novo/publicacoes/Condicoes_saude_ocular_IV.pdf. Acesso em maio de 2017.
7. Glaucoma Research Foundation. Are You at Risk For Glaucoma?. Disponível em:http://www.glaucoma.org/glaucoma/are-you-at-risk-forglaucoma.php.. Acesso em setembro de 2016.
8. Cuidado com o Glaucoma - Sociedade Brasileira de Glaucoma. Disponível em: http://cuidadocomoglaucoma.com.br/principais/o-que-e/oque-e-glaucoma/. Acesso em julho de 2015.

Não encontramos seu login na nossa base de usuários do Portal VMS. Por favor preencherr sua data de nascimento para verificarmos nos outros canais

Já vai?

Aproveite todos os benefícios do programa agora mesmo

Ao clicar no link a seguir você estará deixando o website da Novartis e será direcionado para um outro website correspondente ao assunto de seu interesse.
A Novartis não se responsabiliza pelo conteúdo nele apresentado