Diagnóstico da asma

Diagnóstico da asma

O diagnóstico da asma é feito através da avaliação do histórico familiar e médico do paciente, do exame clínico e de alguns testes capazes de confirmar o diagnóstico e o tipo de asma.1 Além do médico clínico geral, outros especialistas estão comumente envolvidos no diagnostico da asma, como alergistas e pneumologistas.

Entenda o passo a passo do diagnóstico da asma:

  1. Histórico familiar (anamnese): inicialmente, o médico busca conhecer o histórico dos pacientes – se há alguém com asma e/ou alergia na família. Isto porque, pode haver um componente hereditário no desenvolvimento da asma e de alergias.
  2. Exame clínico e avaliação médica: ainda durante a consulta, o médico avalia o quadro geral do saúde do paciente, e pergunta sobre os sintomas apresentados, a frequência e gravidade em que ocorrem. O médico deve fazer alguns exames físicos, como auscultar a respiração do paciente (ou seja, ouvir indiretamente, com o uso de equipamentos como o estetoscópio).
  3. Testes e exames: entre os exames mais frequentes para o diagnóstico da asmaestá o teste de função pulmonar, chamado espirometria. Durante a espirometria, o paciente assopra em um tubo ligado a um computador, que mede a função pulmonar. O procedimento pode ser repetido após o uso de um medicamento broncodilatador – para avaliar se a função pulmonar melhora após o uso do medicamento, o que pode ser mais um indicativo da asma.

Além da espirometria, uma série de outros exames podem ser necessários para confirmar ou descartar o diagnóstico da asma e seu tipo. São eles: testes de alergia, radiografia do tórax, tomografia computadorizada, hemogramas, eletrocardiograma, broncoprovocação (teste respiratório que avalia a reação do paciente ao ar frio e à alguns elementos químicos que podem causar alergia)1, estudo de escarro induzido ou ainda teste de óxido nítrico2 e gasometria arterial.3

Na asma,assim como em outras doenças respiratórias, a espirometria é idealmente realizada a cada 3 meses para acompanhar a evolução da doença e a resposta do paciente ao tratamento como um todo, inclusive à medicação.


Referências

1. Site do National Lung, Heart and Blood Institute. Disponível em: http://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/asthma/diagnosis Último acesso em 19 de outubro de 2017.
2. CHATKIN JOSÉ MIGUEL, DJUPESLAND PER, QIAN WEI, HAIGHT JAMES, ZAMEL NOE. Óxido nítrico exalado no diagnóstico e acompanhamento das doenças respiratórias. J. Pneumologia [Internet]. 2000 Feb [cited 2015 Apr 14] ; 26( 1 ): 36-43.
3. McFadden ER Jr, Lyons HA. Arterial-blood gas tension in asthma. N Eng J Med 1968; 278:102.

Não encontramos seu login na nossa base de usuários do Portal VMS. Por favor preencherr sua data de nascimento para verificarmos nos outros canais

Já vai?

Aproveite todos os benefícios do programa agora mesmo

Ao clicar no link a seguir você estará deixando o website da Novartis e será direcionado para um outro website correspondente ao assunto de seu interesse.
A Novartis não se responsabiliza pelo conteúdo nele apresentado