Vale Mais Saúde

Acesse o Vale Mais Saúde

idpublicacao: revisita:

Tudo sobre a Doença Cardíaca Diabética

Cuidar de todo o nosso corpo é algo primordial. Principalmente para evitarmos problemas no futuro. Quando se é detectado com diabetes tipo 2, a prevenção deve ser ainda maior. Afinal de contas, outros problemas podem vir, caso a doença não esteja equilibrada.1

E o coração também pode sofrer com os níveis alterados de glicose no sangue. Aí que surge a Doença Cardíaca Diabética. Esse termo é usado para citar os problemas do coração que envolvem pessoas com diabetes. As doenças mais comuns são: doença cardíaca coronária (CHD) e insuficiência cardíaca. 1

A primeira ocorre quando acumula-se placas – geralmente constituídas por gordura, colesterol, cálcio, e outras substâncias – no interior das artérias coronárias, que abastecem o músculo cardíaco com sangue rico em oxigênio. Quando isso acontece, temos a chamada aterosclerose. 1

Nesse caso, o fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco acaba reduzido. Isso porque, o acúmulo de placa aumenta as chances de formar coágulos de sangue nas artérias. E são esses coágulos que podem bloquear parcial ou totalmente o fluxo sanguíneo. 1

Os sintomas da aterosclerose são: dor ou desconforto no peito, batimentos cardíacos irregulares, chamados arritmias, um ataque cardíaco ou até mesmo a morte. 1

Insuficiência cardíaca

A segunda doença mais comum entre os diabéticos é uma condição na qual o coração não consegue bombear sangue suficiente para atender as necessidades do corpo. Claro que isso não significa que o coração parou ou está prestes a parar de funcionar. Mas, como qualquer problema de saúde, é preciso ficar atento e pedir ajuda médica. 1

Os sintomas da insuficiência cardíaca são: sentir-se cansado facilmente, com redução das atividades cotidianas. No caso dos diabéticos, essa doença do coração pode acontecer pois, com o passar do tempo e o descontrole da glicemia, o músculo do coração se torna enfraquecido, o que facilita o aparecimento da insuficiência. 1

É hora de mudar

Para evitar que as doenças do coração apareçam, o primeiro passo é realizar mudanças no estilo de vida. Por exemplo, a atividade física pode baixar a pressão arterial, ajuda a controlar o nível de açúcar no sangue e reduzir o peso e o estresse. 1

Também é importante tomar os medicamentos prescritos pelo médico e seguir o seu plano de tratamento para diabetes. Agora, se você já tem algum problema relacionado ao coração, é imprescindível continuar com a terapia indicada pelo profissional da saúde. Isso pode ajudar a evitar ou retardar problemas graves, como um ataque cardíaco ou insuficiência cardíaca. 1 

REFERÊNCIA

1. Site National Heart, Lung, and Blood Institute. Disponível em https://www.nhlbi.nih.gov/health/health-topics/topics/dhd. Última visualização em 11 de novembro de 2016.

Veja mais em:

Conteúdos Relacionados