Vale Mais Saúde

Acesse o Vale Mais Saúde

idpublicacao: revisita:

Sintomas do glaucoma

ALERTA
O glaucoma não é uma doença que apresenta sintomas específicos. Lembre-se: frequentar regularmente o oftalmologista é imprescindível, pois a descoberta tardia do problema pode levar à perda irreversível da visão.

O glaucoma é conhecido popularmente como uma doença silenciosa da visão, pois seus sintomas demoram a ser percebidos.Os pacientes inicialmente não sentem dor, e não notam alterações na visão. Com o tempo, e a perda da visão lateral, os pacientes sentem como se estivessem enxergando por dentro de um túnel. Em casos mais avançados, a visão central também é afetada e sem diagnóstico e tratamento o glaucoma pode levar a cegueira completa.1

Alguns indícios podem servir de alerta na identificação do glaucoma:2

- troca frequente do grau dos óculos, persistindo a queixa de borramento visual;
- dificuldades para se adaptar a ambientes escuros;
- perda de visão lateral;
- visão embaçada.

Além disso, há alguns sinais do glaucoma relacionados com os principais tipos de manifestação da doença:3

- glaucoma de ângulo aberto: a perda gradual da visão periférica, geralmente em ambos os olhos, somada à sensação de visão de “túnel” em estágios mais avançados da doença.
- glaucoma de ângulo fechado: neste caso, a necessidade de tratamento é imediata. Os principais sinais e sintomas são: dores fortíssimas nos olhos; náuseas e vômitos; sensação de visão embaçada; vermelhidão nos olhos.3

“Na grande maioria dos casos o glaucoma é assintomático. Entretanto, existem sinais que identificam a doença bem antes de surgirem os sintomas. Estes sinais são percebidos apenas pelo médico oftalmologista através de cuidadoso exame oftalmológico. Isto reforça a importância do exame médico oftalmológico principalmente após os 40 anos de idade e naqueles com outros fatores de risco.”
Sociedade Brasileira de Glaucoma

Como parte dos sintomas do glaucoma não são específicos, é difícil identificá-los sem a ajuda de um profissional. Todavia, é importante ficar atento a tais manifestações.
Vale ressaltar, por fim, que é fundamental realizar um acompanhamento clínico do controle da pressão intraocular, uma das principais causas do glaucoma, bem como para a identificação de outras alterações que possam causar problemas de visão e a cegueira.

Visão saudável

Simulação da perda da visão associada ao glaucoma


Referências
1. Site do National Eye Institute (NEI). Disponível em http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/glaucoma.html. Último acesso em 08 de julho de 2015.
2. Site do Hospital dos Olhos de São Paulo. Disponível em http://hospitaldeolhos.net/especialidades-glaucoma.asp. Último acesso em 09 de julho de 2015.
3. Site da Fundação Bright Focus. Disponível em http://www.brightfocus.org/glaucoma/symptoms-and-signs. Último acesso em 09 de julho de 2015.