Vale Mais Saúde

Acesse o Vale Mais Saúde

idpublicacao: revisita:

Qualidade de vida com DPOC

Separamos aqui algumas dicas, que poderão ajudar as pessoas com DPOC a ter mais equilíbrio e qualidade de vida. Nada substitui o tratamento da DPOC, mas alguns passos podem contribuir com as mudanças no estilo de vida e bem-estar dos pacientes. Confira!

1.Parar de fumar. Como 85% de todos os casos de DPOC são causados pelo cigarro1, não basta usar a medicação e fazer outras mudanças no estilo de vida, sem parar de fumar. Não importa quantas vezes você já tentou, não desista de abandonar este vício. Conheça o seu corpo e sua mente, saiba quais são seus gatilhos para o cigarro, busque ajuda profissional, apoio da família e dos amigos, enfim, use todos os recursos que tiver à disposição para largar o vício do cigarro.

 

2.Mantenha-se ativo: é importante que as pessoas com DPOC procurem manter uma rotina ativa. Ainda que haja limitações, tente buscar ajustes para que possa seguir com sua rotina, e não abandonar as tarefas prazerosas e necessárias do dia a dia. Procure orientação médica.

 

3.Tenha adesão ao tratamento: todos sabemos que não é fácil mudar hábitos e estilo de vida, ainda mais no caso da DPOC, que exige parar de fumar, mudar a alimentação, administrar medicamentos diariamente e ainda incorporar atividades físicas e reabilitação pulmonar. Parece muito, mas com organização disciplina e orientação médica é possível. Você verá que vale a pena, pois manter a autonomia e qualidade de vida pode ser o melhor estímulo para todas essas mudanças.

 

4.Busque apoio! No Brasil, as pessoas com DPOC podem procurar ajuda para informação e melhoria na qualidade de vida junto à Associação Brasileira de Portadores de DPOC (ABP DPOC), uma entidade sem fins lucrativos que visa colaborar na promoção da qualidade de vida dos pacientes.2 Outra opção é buscar ajuda profissional com psicólogos, assistentes sociais ou terapeutas ocupacionais. O importante é não resignar-se e isolar-se socialmente.

 


Referências

1.Pulmonar Obstrutiva Crônica – 2006 www.sbpt.org.br. Menezes AM, Padilla RP, Jardim JR et al, Chornic obstrutive pulmonar y disease in five Latin Amerrican Cities (the PLATINO study); a prevalence study. Lancet 2005; 366: 1875-81.
2.Site da Associação Brasileira de Portadores de DPOC. Disponível em http://www.dpoc.org.br/perguntas-frequentes.Último acesso em 02 de agosto de 2015.

Veja mais em:

Conteúdos Relacionados