Vale Mais Saúde

Acesse o Vale Mais Saúde

idpublicacao: revisita:

O que é epilepsia

A epilepsia é uma doença cerebral crônica caracterizada pela ocorrência de crises epilépticas. A crise epiléptica, por sua vez, é um transtorno neurológico causado pela hiperexcitabilidadede das células cerebrais, ou seja, um aumento da atividade elétrica dos neurônios na região cerebral1.

As crises epilépticas podem causar diferentes sintomas, inclusive a perda momentânea de consciência e o olhar fixo a um ponto por determinado tempo2. Tais alterações são temporárias e reversíveis, mas tornam-se mais perigosas caso o paciente esteja dirigindo, por exemplo. Uma das crises epilepticas mais comunus é a crise tônico clônica generalizada, conhecida como convulsão, quando ocorrem abalos ou movimentos corporais bruscos.

Algumas crises epilépticas podem ser mais prolongadas e, nestes casos, requerem atendimento médico emergencial. É importante reforçar, que uma única convulsão, sem repetições, não caracteriza epilepsia.

Estima-se que hoje 1% da população mundial sofra com os ,distúrbios da epilepsia2. Ao longo da vida, uma a cada 26 pessoas manifesta a doença.2 As crianças e os idosos são os grupos que estão sob maior risco da epilepsia 2.

 

Quais são os tipos de epilepsia

Dependendo da região cerebral afetada, os tipos de epilepsia podem ser divididos em dois grandes grupos: as que cursam com crises epilépticas generalizadas e aquelas em que ocorrem crises epilépticas focais.

Cada um dos grupos apresenta subdivisões de acordo com os transtornos característicos de cada tipo de epilepsia 3.

CRISE EPILÉPTICA GENERALIZADA

- tônico-clônica;
- ausência;
- mioclônica;
- atônica;
- tônica;
- clônica.

CRISE EPILÉPTICA FOCAL

- focal sem alteração do conhecimento (focal simples);
- focal com alteração do conhecimento (focal complexa);
- focal que evolui para convulsiva bilateral (focal com generalização secundária).


Referências

1. Site DMedicina. Disponível em: http://www.dmedicina.com/enfermedades/neurologicas/epilepsia.html. Último acesso em 20 de junho de 2015.
2. Site HealthLine. Disponível em: http://www.healthline.com/health/epilepsy/facts-statistics-infographic#1. Último acesso em 11 de junho de 2015.
3. Site da Associación Andaluza de Epilepsia. Disponível em http://www.apiceepilepsia.org/Descripcion-de-los-diferentes-tipos-de-crisis-epilepticas. Último acesso em 20 de junho de 2015.

Veja mais em: